Município oferece Curso de Programação Informática aos alunos dos 3.º e 4.º anos do 1.º CEB

Realizou-se ontem, na Escola Básica José Malhoa em Figueiró dos Vinhos, a apresentação do Curso de Programação Informática - Educação Digital – Happy Code, aos Pais e Encarregados de Educação dos alunos do AEFV.

O curso, implementado pelo Município de Figueiró dos Vinhos neste novo ano letivo, está direcionado aos alunos dos 3.º e 4.º anos do 1.º CEB e surge como novidade e projeto pioneiro no âmbito do enriquecimento dos períodos não letivos da Componente de Apoio à Família oferecida todos os anos por aquela entidade.

A atividade foi contratualizada com a Happy Code – Escola de Programação para Crianças e Jovens, com atuação a nível nacional, cujo intuito é a formação de pensadores e criadores do século XXI. Recorrendo à metodologia de ensino baseada no conceito STEAM (“Science, Technology, Engineering, Arts and Math”/Ciência, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática), os cursos da Happy Code incidem, de uma forma lúdica e prática, sobre a programação de computadores, desenvolvimento de jogos e aplicações, robótica com drones, bem como produção e edição de vídeos para o YouTube, desenvolvendo não só a área informática, mas também o raciocínio, a criatividade, a matemática e as línguas.

Em Figueiró dos Vinhos, o curso de Programação Informática surge pelo reconhecimento do Município da importância das novas tecnologias enquanto ferramentas incontornáveis e indispensáveis no futuro dos alunos e, consequentemente, pela promoção do ensino e utilização dessas mesmas ferramentas digitais.

A Happy Code, cuja ação abrange parcerias com escolas, empresas, municípios,  projetos sociais, centros de estudo, ATLs, entre outros, e tendo como premissa de atuação os valores da responsabilidade, da confiança, da inovação e da consciência social, aceitou este desafio proposto pelo Município no sentido de oferecer aos alunos visados a oportunidade de, numa era assente nas novas tecnologias, através de um modo divertido, criar ou ampliar competências essenciais para as profissões do futuro, nomeadamente ao nível do raciocínio lógico, do pensamento crítico e da resolução de problemas.

Newsletter