Aprovada obra de requalificação da Av. Heróis do Ultramar e Dr. Fernando Lacerda

julho 29, 2020

A criação de um percurso entre a Praça Simões de Almeida (Sobrinho) e o Bairro São João Batista, vias designadas por Avenida Heróis do Ultramar e Avenida Dr. Fernando Lacerda, está na base da aprovação de mais uma candidatura apresentada, pelo Município, ao Programa Operacional do Centro - CENTRO2020.

Aprovado a 26 de junho de 2020, o projeto visa criar condições para a mobilidade sustentável, nomeadamente a pedonal, criando todas as condições de visibilidade e de segurança, principalmente aos cidadãos com mobilidade reduzida e tem um investimento total de 701.048,00 € cuja comparticipação do FEDER é de 590.291,92 € (85 %).

A intervenção nestas duas avenidas, tão frequentadas pelos peões e automobilistas, consiste, na criação de um percurso pedonal, ligando zonas residenciais ao centro da vila e permitindo, assim, à população deslocar-se a pé desde o Bairro São João Batista até à Praça Simões de Almeida (Sobrinho), vulgarmente conhecida por Rotunda da Fonte Luminosa, através da Av. Dr. Fernando Lacerda (Parque do Vale da Pipa) e Av. Heróis do Ultramar.

A obra de beneficiação contempla, igualmente e entre outros trabalhos, a criação de uma rede de iluminação vocacionada para o percurso pedonal de modo a estabelecer todas as condições de visibilidade e de segurança, principalmente no Inverno; a reformulação do troço da Av. Heróis do Ultramar, uma vez que o mesmo foi referenciado pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) como zona de acumulação de acidentes, sendo aconselhada a reformulação geométrica da interseção onde existem semáforos, substituindo o entroncamento por uma rotunda e removendo os semáforos; e por último, a criação das infraestruturas básicas nas zonas intervencionadas, nomeadamente rede de águas pluviais, abastecimento de água e de águas residuais.

A requalificação destas duas vias irá, assim, incrementar não só a deslocação de peões, principalmente de cidadãos com mobilidade reduzida, ao melhorar o acesso ao centro da vila onde existem vários equipamentos de serviço público, comércio, restauração, bancos, farmácias, mercado municipal, centro de saúde, entre outros, mas também diminuir o uso do transporte automóvel individual, criar novas rotinas quotidianas e contribuir, assim, para uma melhoria de qualidade do ambiente urbano e da qualidade de vida dos figueiroenses.

Newsletter